Nossa, mais de meio ano de abandono… mas tenho as minhas razões.

No final de junho de 2011 faleceu minha mãe. Perdi uma referência, perdi a pessoa que foi uma constante por toda a minha vida até aqui. Foi difícil, embora não totalmente inesperado. Além do emocional, houve também toda a parte prática da situação – cuidar dos ritos finais, as roupas, os objetos, os bens.

As coisas voltam aos eixos lentamente. Talvez ainda não consiga postar com frequência, mas vamos lá.

 

Yakko, over and out.

Advertisements