Category: Uncategorized


Hiato

Nossa, mais de meio ano de abandono… mas tenho as minhas razões.

No final de junho de 2011 faleceu minha mãe. Perdi uma referência, perdi a pessoa que foi uma constante por toda a minha vida até aqui. Foi difícil, embora não totalmente inesperado. Além do emocional, houve também toda a parte prática da situação – cuidar dos ritos finais, as roupas, os objetos, os bens.

As coisas voltam aos eixos lentamente. Talvez ainda não consiga postar com frequência, mas vamos lá.

 

Yakko, over and out.

kkm

Kyou Kara Maou - um anime pra curtir e não levar a sério

 

Alerta aos navegantes: Kyou Kara Maou é uma comédia. Daquelas para não levar a sério mesmo.

 

Bem vindo ao estranho universo de Kyou Kara Maou! Aqui os tubarões são vegetarianos, os pandas vivem no deserto e as ovelhas estufam feito balões quando caem na água.

Por aí já deu pra ver que não é pra levar a sério, né?

Yuuri Shibuya é um típico garoto japonês de 15 anos que adora beisebol e velhos filmes de samurai. Ao tentar salvar um colega de um grupo de valentões, Yuuri é arrastado para um banheiro público, onde enfiam sua cabeça no vaso sanitário e puxam a descarga (eca!)

Com isso, Yuuri é transportado para um outro mundo onde os humanos estão em pé de guerra com os mazoku. Yuuri descobre que é o novo rei dos mazoku (maou) e acaba se metendo nas mais diversas aventuras enquanto tenta promover a paz entre os diferentes povos.

 

kkm1

Personagens principais: da esquerda para a direita os irmãos Gwendal, Wolfram e Conrad; Yuuri, e seu tutor, Gunter

 

Kyou Kara Maou é diversão pura e simples. Não espere grandes questionamentos ou profundidade psicológica em seus personagens – não que eles não sejam bem construídos, muito pelo contrário. Na verdade, justamente por não ter qualquer compromisso os personagens acabam se tornando muito cativantes. Cada um deles tem algo de familiar, que já vimos em outras histórias, o que em situações normais me seria tão atraente quanto mastigar um chiclete velho. Entretanto, nesta série a releitura de determinados tipos de personagens é tão bem feita que nos faz sentir que estamos reencontrando velhos e queridos amigos.

 

Temos Yuuri, o personagem principal, um garoto medíocre, sem grandes ambições, cuja única paixão é o beisebol. Um menino de bom coração mas não muito inteligente e nem especialmente corajoso. Nem no beisebol que tanto ama ele é bom. De repente ele se vê alçado ao trono de um país poderoso, cercado de nobres bonitos e heróicos. A quantidade de bobagens que ele consegue fazer e dizer a cada episódio é impressionante – e extremamente engraçado se você entender alguma coisa de cultura e tradições japonesas, há muitas citações e trocadilhos infames.

Entre o grupo de fiéis nobres que ajudam e protegem Yuuri estão:

 

kyj

Conrad e Yuuri têm uma relação especial

Conrad Weller – o típico herói de mangás românticos, bonito, forte, gentil e ocultando um passado triste atrás de um sorriso. Conrad tem uma relação especial com Yuuri, que às vezes o chama de “nazukeoya” (algo como “padrinho”, já que foi Conrad que sugeriu o nome “Yuuri” para a mãe antes do menino nascer). Acontece que dentro de Yuuri está a alma de Julia, uma pessoa muito especial para Conrad. Nunca fica muito claro se havia só amizade ou algo mais entre Julia e Conrad.

 

Yuuri Wolf

Yuuri e Wolfram em pose comprometedora, para a alegria das fujoshi

Wolfram Von Bielefeld – meio-irmão caçula de Conrad. Mimado, genioso, explosivo, Wolfram a princípio não aceita Yuuri como rei e nunca perde uma oportunidade de insultá-lo. Por causa de um estranho costume dos mazoku, ele acaba se tornando “noivo” de Yuuri, para a alegria das fujoshi. Com o passar do tempo, Wolfram vai revelando uma natureza mais gentil, embora o seu gênio estourado nunca mude.

 

gwendal

O eterno carrancudo Gwendal

Gwendal Von Voltaire – o meio-irmão mais velho de Conrad e Wolfram. Carrancudo, mau-humorado, mas extremamente competente e responsável. Tem uma paixão oculta por coisas fofinhas como pequenos animais e crianças. Assim como Wolfram ele também não aceita Yuuri como rei a princípio, mas depois de viver algumas aventuras ao lado dele no deserto e conhecê-lo melhor, passa a servi-lo com toda a lealdade.

 

gunter

Gunter, tutor de Yuuri

Gunter Von Christ – foi tutor de Conrad e agora está encarregado de ensinar a Yuuri tudo sobre a história, cultura e etiqueta mazoku. De todos é o que demonstra mais abertamente a sua admiração pelo jovem rei.

 

Kyou Kara Maou é uma série longa (nada menos que 117 episódios, um épico se compararmos com os outros animes que comentei neste blog), tem muita coisa que quero comentar, por isso não vou me limitar a um único post.

 

No próximo, tratarei com mais detalhes das sugestivas relações entre Yuuri e seus nobres protetores.

 

Yakko, out.